O dia em que descobri sobre a Transição Capilar

Olá queridos leitores, pode parecer muito estranho esses posts aleatórios no 7s, mas não consigo ficar longe dessa lindeza de blog. Amamos ele! Hoje eu vim falar sobre a transição capilar, algo totalmente novo para mim e que eu nem sabia que existia.

Tudo começou quando eu estava no instagram e entrei no perfil da querida Bruna Vieira, no story ela contava um pouco sobre a transição capilar, que nada mais é de um período no qual você passa sem alisar o cabelo (seja por progressiva, chapinha ou secadores), para ele voltar ao natural. O que pode se um processo muito doloroso por mexe muito com sua autoestima, confiança e insegurança. Mas ao mesmo tempo gera uma sensação de liberdade em você.

Depois de pesquisar muito, eu resolvi passar por esse processo, eu não tinha progressiva mas eu via muito que chapinha e secador todos os dias estava danificando muito meu cabelo, e  resolvi ficar uma semana sem chapinha, depois sem secador e assim foi.. quase enlouqueci e nesse período eu vivia com meu cabelo preso. Pois eu não sabia cuidar dele, e ele vivia armado, por isso, para você que está pesquisando mais sobre isso, tenha paciência se for entrar nesse processo, não seja cruel com você e seu cabelo. O cabelo ondulado, cacheado ou crespo ele dá mais trabalho e até você se adaptar e saber cuidar dele vai um tempinho, por isso não desista no primeiro instante.

Coisas que você deve saber em primeiro lugar:

  • Existem diversos tipos de cabelos cacheados;
  • Você pode ter vários tipos de cabelo em um só;
  • Shampoo e condicionador próprio para o seu casamento faz toda a diferença.

Veja algumas youtubers que aderiram o cabelo natural:

 

 

 

Significa que não posso voltar depois para o cabelo liso?

Não! A transição capilar fala com a gente no ponto da liberdade que temos de não ficarmos presas aos padrões que a sociedade nós impõem. Nós sabemos que para muitas meninas e para sociedade o padrão é ter aquele cabelo liso, sem frizz e longo, esse é o sinônimo de bonito na sociedade. E a transição vem como uma forma de você se aceitar do jeito que você é. Mudar a forma como você pensa em relação a você mesma e descobrir que você não precisa ficar refém das coisas que são ditadas para você.
Fazer aquilo que você gosta aquilo que te faz bem e aceitar o seu cabelo natural que é bonito também.

É isso que a transição faz a gente entender, essa liberdade que você tem, de ter o cabelo que quiser e fazer o que quiser nele. Fugir do que a sociedade impõe. Enfim, livre de padrões.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s