(In)felicidade projetada

É comum encontrar dezenas de publicações em redes sociais mostrando e alegando felicidade, ou ainda que não tenha o hábito de acessá-las, ainda poderá acabar sabendo de tais acontecimentos através de amigos. Jamais deve-se sentir inveja da alegria alheia, além de não ser bom para o próximo, também não faz bem para si, podendo tornar o momento amargo. Porém, é difícil não sentir-se mal consigo mesmo, ao comparar suas conquistas, e sentir que elas não se comparam com as dos demais. Projetar seus planos e o andamento da sua vida no que outra pessoa está passando, pode tornar-se um sério problema; ainda mais se for o tipo de pessoa que pensa demais no futuro, imaginando todas as possibilidades e traçando exatamente o caminho que deseja percorrer. É doloroso ver o tempo passando e achar que está sendo perdido, porque nada de grandioso ocorreu até o momento. Contudo, deve-se ter a consciência que apesar da pressa em alcançar tudo, há coisas que – por mais clichê que soe – necessita de mais tempo para ser construída e enfim, poder se usufruir. É preciso ter paciência de plantar e cultivar seu trabalho, considerando que cada um tem seu próprio caminho para percorrer e o tempo que levará para ter enfim sua recompensa.

Anúncios

2 comentários sobre “(In)felicidade projetada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s