Falta de inspiração

Após duas semanas sem postar devido à falta de tempo, me encontro com a eminente possibilidade de não escrever essa semana novamente, mas dessa vez pela falta de criatividade quanto ao que escrever. E convenhamos, ausência de inspiração pode ser ainda mais frustrante que ausência de tempo. Afinal, as responsabilidades do dia a dia não impedem sua mente de vagar pelo universo e encontrar as ideias mais inusitadas aleatoriamente, sendo necessária ao menos uma anotação, que sirva de âncora, para quando estiver tranquilo, então retomar e enfim trabalhar no projeto. Entretanto, não há exatamente um caminho eficaz que te leve a inspiração. Se inspirar é uma atividade subjetiva, cada um possui sua própria válvula criativa, sua centelha responsável pelo estopim de ideias. Claro, há sugestões que sempre se mostram úteis, ainda mais quando se personaliza as mesmas a fim de deixa-las mais adequadas para si. No caso de possuir um blog, onde costuma postar com determinada frequência, é interessante sempre que possível, deixar algumas ideias ou mesmo posts prontos, como segurança para um desses dias sem originalidade. Permanecer encarando o vazio do papel ou tela também não será de grande ajuda, sendo mais viável dedicar esse tempo improdutivo a algo que te faça pensar, que te de um prazer intelectual, instigue sua mente a divagar, seja através de um livro, série, ou mesmo um ambiente calmo, um passeio pelo parque. Em todo caso, se frustrar irá apenas aumentar o estresse. Falta de inspiração, assim como inspiração, são momentos, os quais devem ser aproveitados da melhor maneira possível.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Falta de inspiração

  1. Olá, P. S. William!

    Permita-me, amigavelmente, discordar de você. 🙂

    É possível, sim, trabalhar a inspiração para chegar a algum lugar.
    Claro, às vezes as ideias já vêm meio que prontas na nossa cabeça e, nesse caso, a produção é bem mais rápida.
    Entretanto, quando elas parecerem te abandonar, resta um recurso: referências.
    Pesquise algum tema sobre o qual queira escrever, ou pesquise qualquer outra coisa.
    Garanto que você vai esbarrar em algo que chame sua atenção e que desperte seu gênio criativo.
    Lembre-se que quem trabalha com a criatividade não tem a opção de não ser criativo.
    Ou entrega o trabalho no prazo, ou lida com as consequências.

    Uma referência para a falta de inspiração pode ser ouvida nesse podcast:
    https://jovemnerd.com.br/nerdcast/nerdcast-215-profissao-autor/

    A frustração inerente ao processo, por outro lado, é natural.
    Não se preocupe.
    Apenas não deixe que ela tire de você a energia para correr atrás de material inspirador.

    Espero que eu tenha sido útil! 🙂

    Grande abraço,
    Lucas Palhão

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s