Sobre encontrar-se em si mesmo!

large (8).jpg
Imagem: WeHeartIt

Nunca foi muito fã da luz do dia, sabe-se lá o porquê. Já chegou a pensar que que fosse muito depressivo um pensamento desse para quem não tinha nem duas décadas de vida, mas depois de tanto especular, chegou a conclusão de que depressivas mesmo eram as coisas as quais tinha que escutar quando a luz do sol clareava tudo e fazia com que as pessoas pensassem poder dizer o que viesse a telha, sem se importar se aquilo iria marcar ou não. Tanta coisinha boba e até mesquinha (do ponto de vista dela) pareciam ser descartáveis, coisas que não acrescentavam em nada e não fariam diferença se não estivessem ali. 

À noite era quando ela podia ficar quietinha, só ela. Às vezes os sons de uns bichinhos ou outros que vinham da rua, que eram mais como uma trilha sonora. Aquela com a qual ela conseguia fechar os olhos e escutar algo muito mais alto vindo dentro de si. Diferente do que ela fazia das 8 da manhã às 10 da noite, colocando o fone de ouvido no último volume para conseguir se livrar um pouquinho que fosse de tudo o que as pessoas tentavam jogar contra ela – só escutar por um ouvido e soltar pelo outro já não funcionava mais. Pode parecer uma fuga ou algo do tipo, quando devia impor o que pensava e colocar essas pessoas em seus devidos lugares. Ela pensava mais como uma economia de energia necessária. Não adianta ficar dando murro em ponta de faca e ignorar sempre foi mais eficaz.

Aí percebeu que era só uma questão de saber se olhar, além do que poderia ser visto por um espelho. Se olhar de olhos fechados, olhar para a coisa mais preciosa que temos: nossa alma. Porque refletimos o que vem de dela, passamos para a frente o que guardamos dentro de nós.

Se desconectar das coisas ao redor pode ser difícil, mas depois de conectar-se consigo mesma, ela entendeu: As únicas coisas que importavam eram as que estavam ali.

Dentro dela.

Nayara Rosolen

Anúncios

2 comentários sobre “Sobre encontrar-se em si mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s