A poesia e o Amor

A muitos tempos e meia duzia de séculos eu descobri que a poesia é algo muito mais que palavras sem nexo escritas em livros, converti pessoas neste meio tempo para a Poesistologia que se tornaram amantes de uma boa dose de versos.

Hoje eu vim contar e ensinar para algumas pessoas o poder da poesia no amor!

Por muito tempo o sentido da poesia era algo que não se entendia direito, por trazer coisas simplesmente confusas e complicadas em seus versos, o maior exemplo são as músicas do Djavan, tenta fazer uma analise (Algo bem impossível convenhamos). Foi neste meio tempo, sobre várias influencias da cultura anos 90 que eu conheci a poesia, a mesma que eu exalo e vivo, a poesia nas entrelinhas das poesias.

Escrever uma poesia é fácil, o difícil é você escrever uma poesia dentro dela mesmo, e quando eu entendi qual era a minha motivação na escrita, a poesia tomou o mesmo rumo e se auto guiou por esta incrível highway.

Mas vocês querem saber o sentido da poesia com o amor certo?

(Não conte para a Letícia) Mas na minha época de solteiro, para impressionar as meninas eu costumava mostrar poesias que eu havia escrito, pensando que elas ficariam afim de mim, e vocês acham que funcionou? Que nada, ser poeta só te faz ficar na friendzone, vai por mim, ou você escrevia algo profundo de mais  que a pessoa ficava encantada e se  identificava, ou você escrevia algo com muitas coisas nas entrelinhas que só era analisada superficialmente.

Quando eu comecei a conhecer a Letícia, ela detestava poesia, justamente por remorso das prova de análise textual, mas é claro que eu mandei poesias para ela, e é claro que eu tomei uma friendzone, porém todas as poesias que eu enviava para ela era sobre vivências e amor, com palavras dentro do corpo do texto que no final tinha um sentido incerto que poucos enxergavam, ou nem eu mesmo enxergava, mas a Letícia enxergou cada uma delas.

Foi uma surpresa para mim ter alguém que fosse uma analista das minhas poesias , e eu posso dizer com toda convicção que a poesia me ajudou a conquistar o meu amorzão.

Só que vamos colocar um parênteses em pauta, eu não escrevia poesias e falava que era para ela, esse é um ponto muito importante para você não passar a imagem de uma pessoa muito melosa, que chega a escrever um poema para uma menina que mal conhece (Vai com calma fera)

Poesia tem sentido, tente passar o real sentido da escrita dela, se mostre ser uma pessoa culta, boa parte das meninas gostam de meninos com conteúdo, que não precisem de um baseado para poetisar.

Mostre ser criativo, pois ela sabe que se você é criativo para escrever uma poesia, tem inúmeras chances de você surpreender ela a todo o tempo.

E por fim, vou mostrar para vocês um trecho da poesia que eu escrevi quando ela fez aniversário ano passado. Se chama: Equilíbrio Lunar:

“Ela apareceu no fundo
Como um cenário
De um filme futuro
Mas dentro do horário
Ela disse olá
Terminou com obrigado
E eu todo bobo
Tentando ser educado(…)”

“Cada vez que você aparece
O mundo clarece
Me traz um sorriso
Me faz lembrar a neve
Meu rosto se empolga
De pensar na sorte
Que eu tive em te conhecer
Na noite…”

Só estes dois pedaços, só terão a versão final quando eu lançar o livro kk.

Vou ficando por aqui, só por favor sem violetas são vermelhas e borboletas são azuis…

Grato
Lucas Luciani

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s